Curso Justiça Climática

JUSTIÇA CLIMÁTICA PARA A AGENDA 2030 

Maio 2022 - A crise climática já chegou para todos, mas nem todos a sentem da mesma maneira. E é neste contexto que se baseia a discussão de Justiça Climática, ou seja, trazer a questão das múltiplas desigualdades e a voz das populações mais vulnerabilizadas pelos impactos das mudanças climáticas para o centro do debate. 

Enquanto soluções, a Justiça Climática requer ações urgentes em adaptação - a qual o Brasil ainda permeia lacunas na elaboração e implementação. A mitigação da emissão de gases de efeito estufa também continuam imprescindíveis para que a agenda de adaptação possa ser alcançada. Ambas agendas devem andar juntas e, para isto, é necessário evitar trade-offs sobretudo com relação a grupos mais vulneráveis e gerações futuras. A questão da Justiça Climática requer soluções multisetoriais, tanto para frear o aquecimento quanto para ajudar a redução de riscos climáticos s para os que  já sofrem de maneira desigual as consequências do aumento da temperatura global

Nos dias 07 , 09, 14 e 21 de junho, o Pacto Global da ONU Brasil com curadoria de Patricia Pinho (diretora adjunta de ciência do IPAM, Dra em Ecologia Humana pela Universidade da Califórnia, e autora líder do Grupo de Trabalho II do Painel Intergovernamental para as Mudanças Climáticas) e Dra em Ecologia Humana pela Universidade da Califórnia, e autora líder do Grupo de Trabalho II do Painel Intergovernamental para as Mudanças Climáticas), apresentará uma série de debates sobre justiça climática:  os conceitos e exemplos relevantes para compreensão da Justiça Climática na prática.

Da mesma forma, serão abordadas  as ações relevantes e responsabilidades de diferentes atores em trazer maior equidade e justiça no enfrentamento da crise climática. Nesta ocasião, vamos reunir líderes dos setores empresarial, academia, governo, organizações  internacionais e a sociedade civil organizada. 

O evento é gratuito e será transmitido ao vivo.  
Garanta sua inscrição.

Programação: 

1.Justiça Climática: conceito, Agenda Nacional e Internacional 
Nesta aula, apresentaremos o contexto, dados e evidências da literatura científica sobre Justiça Climática, além da agenda nacional e internacional para o tema. 
Palestrante: Patrícia Pinho (diretora adjunta de ciência do IPAM, Dra em Ecologia Humana pela Universidade da Califórnia, e autora líder do Grupo de Trabalho II do Painel Intergovernamental para as Mudanças Climáticas)
Data: 07 de junho, 10h às 11h30

2. Um olhar interseccional: como o clima impacta grupos mais vulneráveis?
Nesta aula, vamos falar de pessoas negras, indígenas, quilombolas, mulheres, imigrantes e a comunidade LGBTQIAP+, como as mudanças do clima os afetam e quais soluções que apresentam. 
Palestrantes: Ana Carolina Querino (Representante Adjunta, ONU Mulheres Brasil) + Toya Manchineri (Coordenador Associação dos Povos Indígenas) + Priscilla Santos (Mentora Escola de Geografia e Meio Ambiente da Universidade de Oxford) 
Data: 09 de junho, 10h às 11h30 

3.Estratégias para ação: respostas multissetoriais incluindo setor público
Nesta aula, vamos entender a relevância dos movimentos organizados, abordar as respostas adaptativas e resilientes, que sejam multissetoriais. Busca-se também entender a importância de pensar políticas públicas e tecnologias de defesa do clima. 
Palestrantes: Diogo Santos (Ministério Ciência, Tecnologia e Inovação) + Jean Ometto (Coordenador Geral de Ciências da Terra, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) + Telma Rocha (Diretora Programática, Fundação Avina) 
Data: 14 de junho, das 10h às 11h30  

4. Estratégias para ação em adaptação para uma trajetória resiliente: respostas do setor privado 
Nesta aula, vamos discutir os desafios e ações urgentes do setor privado para combater as mudanças do clima com olhar para a justiça climática. 
Palestrante: Rebeca Lima (CDP, a confirmar) + Denise Hills (Natura, a confirmar) + Rafaela Dortas (Diretora Executiva ESG, BTG Pactual)   
Data: 21 de junho, das 10h às 11h30 

Para dúvidas, entre em contato com: gabriela.rozman@pactoglobal.org.br

Pacto Global da ONU lança Quiz ODS e pergunta: ‘Qual 2030 que você está construindo?’
Pacto Global da ONU Brasil lança o Observatório 2030 para ajudar a acompanhar no cumprimento de metas dos ODS pelas companhias
Curso Justiça Climática

NOSSOS PARCEIROS

APOIADORES INSTITUCIONAIS

AEGEA
Ambipar
Klabin
MRV