Pacto Global lança nova estratégia para guiar a ação empresarial pelos ODS em todo o mundo

Plano aprovado pelo conselho da iniciativa está alinhado à Estratégia 2030, lançada pela Rede Brasil em março de 2020

NAÇÕES UNIDAS, Nova York, 19 de janeiro de 2021 - O Secretário-Geral da ONU, António Guterres, Presidente do Conselho de Administração do Pacto Global, anunciou nesta terça-feira um novo plano estratégico de três anos para aumentar e acelerar a sustentabilidade corporativa e negócios baseados em princípios. O plano será aplicado pela iniciativa em suas operações globais e está alinhado à Estratégia 2030, lançada em março de 2020 pela Rede Brasil do Pacto Global com o apoio da consultoria Falconi.

"O Pacto Global das Nações Unidas está posicionado de forma única para apoiar as empresas em sua jornada de alinhar suas práticas a um futuro sustentável e inclusivo. Os Dez Princípios sobre direitos humanos, trabalho, meio ambiente e anticorrupção oferecem um modelo para empresas que buscam fazer parte do esforço coletivo de recuperação mais forte da pandemia de COVID-19”, disse ele.

Sanda Ojiambo, CEO e diretora-executiva do Pacto Global declarou: “as empresas devem fazer mais em todo o mundo para acelerar a sustentabilidade corporativa e práticas empresariais responsáveis. Nossa estratégia e ambição são crescer e levar nossos participantes a uma jornada de melhoria no impacto criado por eles”.

Com a pandemia e a emergência climática desfazendo parte do progresso alcançado desde a adoção dos ODS em 2015, a nova estratégia do Pacto Global convida a comunidade empresarial a aumentar sua contribuição para alcançar a Agenda 2030 e o Acordo de Paris. A estratégia descreve cinco pontos principais para impulsionar a ação e o impacto nos negócios:

Empresas comprometidas com os ODS e os Dez Princípios: o Pacto Global da ONU se esforçará para que as signatárias liderem o progresso da sustentabilidade corporativa e práticas de negócios responsáveis por meio de metas específicas e mensuráveis dentro de uma estrutura de relatórios aprimorada. As signatárias do Pacto Global devem demonstrar alta aderência aos Dez Princípios e contribuição material para o alcance dos ODS.

Crescimento equilibrado de redes locais e regionais: as redes locais do Pacto Global da ONU terão o poder de efetuar mudanças e construir ecossistemas nacionais mais dinâmicos para a sustentabilidade dos negócios. A cobertura geográfica das redes locais deve ser ampliada, e será feito um esforço para o lançamento de novas redes nacionais e regionais do Pacto Global com foco nos países do Sul (Global South), China e EUA.

Impacto mensurável em áreas priorizadas: programas do Pacto Global da ONU devem enfocar os Dez Princípios para liderar e moldar ações em cinco Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Igualdade de Gênero (ODS 5), Trabalho Decente e Crescimento Econômico (ODS 8), Ação contra a Mudança Global do Clima (ODS 13),  Paz, Justiça e Instituições Eficazes (ODS 16) e Parcerias e Meios de Implementação (ODS 17) enquanto se adaptam ao contexto único de cada país.

Apoiar as PMEs: as Pequenas e Médias Empresas compõem a maior parte dos negócios de todo o mundo e empregam a maioria dos trabalhadores. Pensando nisso, o Pacto Global da ONU estabelecerá programas direcionados e transversais para PMEs, que utilizem ferramentas digitais e as cadeias de valor das empresas para alcançar escala.

Atuação mais intensa com todo o Sistema ONU: o Pacto Global da ONU aumentará a colaboração global e nacional com agências da ONU e equipes nacionais da ONU para acelerar o alcance das iniciativas e sua capacidade de promover práticas empresariais responsáveis em todo o mundo.

Alinhamento com estratégia local

Em março de 2020, a Rede Brasil do Pacto Global lançou a Estratégia 2030, que estabelece planos de ação prioritários e métricas para que as empresas brasileiras aumentem seus impactos sociais, ambientais e de governança positivos, inserindo plenamente a sustentabilidade em suas operações. A estratégia foi construída com o apoio da consultoria Falconi, e está alinhada ao plano do Pacto Global lançado hoje.

Entre os pontos de convergência estão: a geração de impacto mensurável, a atuação em cadeia e o desenvolvimento regional. A Estratégia 2030 também prevê a inserção dos ODS nas estratégias de negócio das empresas e a participação da Rede Brasil nos principais fóruns globais de sustentabilidade. Confira mais informações na nossa página dedicada à Estratégia 2030.

 

ACNUR e Rede Brasil do Pacto Global lançam a Plataforma Refugiados Empreendedores
Confira debate sobre gestão corporativa da água com empresas da América Latina
Rede Brasil e Ação da Cidadania unem esforços contra a crise em Manaus

NOSSOS PARCEIROS

APOIADORES INSTITUCIONAIS

Grupo Boticário
MRV
Klabin