Rede Brasil e MPT promovem o evento Afro Presença

Iniciativa visa fomentar a inclusão de jovens negros e negras no mercado de trabalho

Setembro de 2020 - Acontece nos dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro de 2020 o encontro virtual AFRO PRESENÇA, idealização e Coordenação do Ministério Público do Trabalho e realização da Rede Brasil do Pacto Global. O evento é voltado para a inclusão de jovens negros e negras universitários no mercado de trabalho e tem o apoio do poder público, da iniciativa privada e da sociedade civil. 

O encontro oferece aos participantes oficinas de recursos humanos e painéis com universidades, empresas, agências de publicidades e escritórios de advocacia, além de levar para a sociedade debates, com o apoio de entidades, organismos internacionais e nacionais, sobre o mercado de trabalho onde negras e negros precisam ser inseridos. Os participantes também terão acesso a vagas de trabalho e poderão compartilhar os seus currículos, que serão enviados às empresas. 

Além de debates úteis para os jovens, o evento também apresenta painéis com temas importantes para as empresas, com debates sobre Racismo estrutural empresarial; ODS sob a perspectiva negra e Como a comunidade negra pode ocupar cargos de liderança. A programação completa e as inscrições podem ser encontradas neste site. O evento é online e gratuito.

De acordo com o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), as mulheres negras constituem o maior grupo populacional do país (25,3%), porém ocupam somente 0,4% dos altos cargos nas empresas. A população negra representa 55,9% de toda a população brasileira. Porém, uma pesquisa do Instituto Ethos divulgada em 2016 mostrou que somente 4,7% dos cargos executivos das 500 maiores empresas brasileiras são ocupados por negros. 

"O Brasil é o 8o país mais desigual do mundo e não conseguiremos reduzir esta desigualdade se não atacarmos diretamente o racismo estrutura. A Rede Brasil do Pacto Global da ONU iniciou um processo de mobilização do setor empresarial para que ações concretas sejam tomadas e mais negros assumam posições de liderança, ocupadas, hoje, majoritariamente por brancos. Os negros representam mais de 55% da população brasileira, mas ocupam apenas 5% dos cargos de liderança nas 500 maiores empresas do país", diz Carlo Pereira, diretor-executivo da Rede Brasil do Pacto Global. 

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nas universidades públicas, os jovens negros e negras já são maioria. Os dados do Censo de Educação Superior, do Ministério da Educação indicam que nos cursos de excelência há uma presença expressiva. Em medicina, por exemplo, os negros são em 27%. Na área de química, são 29%, e direito em 23%.

"A participação dos jovens negros e negras em cursos de excelência não reflete na participação no mercado de trabalho. Dessa forma, entendemos que os processos seletivos no campo profissional precisam ser revisitados. Todas as lógicas excludentes, de forma expressa ou implícita, precisam ser identificadas e eliminadas", ressalta Dra Valdirene Assis, Procuradora do Trabalho, Coordenadora da Coordigualdade do MPTSP e o Projeto Nacional de Inclusão de Jovens Negras e Negros Universitários do MPT.

Rede Brasil e Ideia Sustentável lançam o estudo 11 Tendências de Sustentabilidade empresarial no 'outro normal'”
Rede Brasil discute soluções baseadas na natureza no Fórum Virada Sustentável
Índice S&P/B3 Brasil ESG analisa adesão aos Dez Princípios entre as empresas listadas

NOSSOS PARCEIROS

APOIADORES INSTITUCIONAIS

Grupo Boticário
MRV