Organização:
Baluarte Cultura

Região:
Sudeste

ODS Principal:
Trabalho Decente e Crescimento Econômico

Outros ODS:
4

Estímulo à imaginação (Finalista do Prêmio ODS) - Baluarte Cultura

O acesso aos meios de entretenimento desperta nas crianças o desejo de exercitar sua criatividade de diversas formas. A exposição a desenhos animados cumpre essa função, estimulando a criação de narrativas e a representação plástica de personagens, ambientes e situações. A fim de atuar como uma ponte entre esse impulso criativo e a realização profissional, a Baluarte Cultura disponibiliza aos jovens o Estúdio Escola de Animação, por meio da qual é oferecida, de forma gratuita, a capacitação profissional em animação audiovisual.

O foco do projeto é atender a jovens que vivem em condições socialmente vulneráveis, e que estudam nas escolas públicas da rede estadual do Rio de Janeiro. Dessa forma, o Estúdio Escola de Animação abre a eles as portas de um importante mercado de trabalho no Brasil – que, inclusive, vem sendo reconhecido no exterior pela qualidade de seus produtos. Um exemplo disso são os filmes nacionais de animação que participam de eventos como o Festival de Cinema e Animação de Annecy, na França – que, em sua edição de 2018, prestou uma homenagem ao Brasil. 

O projeto é composto por duas etapas: a sensibilização dos jovens para o processo de criação e produção, por meio de eventos lúdicos e interativos; e a realização de oficinas de cinco meses de duração, nas quais são apresentadas teorias e técnicas de animação. Ao término do período, cada turma terá produzido um curta metragem de aproximadamente três minutos. Todas as etapas são completamente autorais – ou seja, os alunos desenvolvem integralmente, com base nos conhecimentos transmitidos, desde a concepção do roteiro até a animação final. 

 

Resultado

O Estúdio Escola de Animação já capacitou 260 jovens, sendo que 40% deles obtiveram espaço no mercado de animação. Foram produzidos 24 curta metragens, e oferecidas mais de 2.500 horas de animação gratuita. Mais de 2 mil estudantes se inscreveram para o projeto – cuja coordenação pedagógica é feita pelo sócio-diretor do Copa Studio, Zé Brandão, criador da série Tromba Trem (TV Cultura e TV Brasil) e um dos realizadores de Irmão do Jorel e Historietas Assombradas (para crianças malcriadas) (Cartoon Network).

Projetos para mudar o mundo (Finalista Prêmio ODS)
Vida nova para as matérias-primas (Finalista do Prêmio ODS)
Estímulo à imaginação (Finalista do Prêmio ODS)
Preservação ambiental na sala de aula (Finalista do Prêmio ODS)
Contra a exploração sexual (Finalista do Prêmio ODS)
Valorização da neurodiversidade (Finalista do Prêmio ODS)
Educação para a sustentabilidade (Finalista do Prêmio ODS)
Controle e segurança no gerenciamento ambiental (Finalista do Prêmio ODS)
Plástico limpo e seguro (Finalista do Prêmio ODS)
O desafio do lixo eletrônico (Finalista do Prêmio ODS)
Acessibilidade e inclusão (Finalista do Prêmio ODS)
O poder das finanças locais (Finalista do Prêmio ODS)