Organização:
Greenk Entretenimento

Região:
Sudeste

ODS Principal:
Consumo e Produção Responsáveis

Outros ODS:
13

O desafio do lixo eletrônico (Finalista do Prêmio ODS) - Greenk Entretenimento

 

A destinação do lixo eletrônico é atualmente um desafio que afeta diversos países em todo o mundo. A rápida obsolescência de dispositivos eletrônicos como computadores, acessórios periféricos e telefones celulares faz com que o descarte desses produtos se torne um problema. O fato de tais dispositivos conterem diversos materiais potencialmente danosos à saúde humana, como chumbo, cádmio e berílio, entre outros, só ressalta a necessidade de conscientizar as pessoas e empresas sobre a questão. 

O Movimento Greenk, criado pela Greenk Entretenimento, busca promover a educação e a conscientização ambiental, com foco na mobilização da sociedade em torno da questão do descarte do lixo eletrônico. Para tanto, a iniciativa se volta ao engajamento dos jovens da geração Z e ao fomento de mídia espontânea a partir de soluções de marketing de causa. Além de utilizar as redes sociais para sensibilizar o público, o projeto promove campanhas de educação ambiental em escolas. 

O conteúdo disponibilizado aos alunos é baseado no Global e-Waste Monitor 2017 Report, elaborado por duas organizações ligadas à Organização das Nações Unidas (ONU) – a United Nations University (UNU) e a The International Telecommunication Union (ITU) – e a International Solid Waste Association (ISWA). Também são utilizadas as disposições da Lei Geral de Resíduos Sólidos, e os conteúdos são revisados pela Associação Brasileira da Industria Eletroeletrônica (Abinee) e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC), de forma alinhada com a Base Nacional Curricular (BNC) brasileira. 

 

Resultado

Em dois anos, a iniciativa coletou mais de 94 toneladas de resíduos, gerando mais de R$ 21 milhões de mídia espontânea para seus patrocinadores. Além disso, foi mobilizado, ao longo de 2018, mais de 80 mil alunos em São Paulo, e implementada uma rede de 15 pontos públicos de coleta do país. O Movimento Greenk pretende atingir em 2019 um total de 230 mil alunos, criar 25 pontos fixos e coletar 330 toneladas de resíduos – o que seria um recorde na América Latina. Para os patrocinadores da iniciativa, estima-se que será possível obter mais de R$ 25 milhões de mídia espontânea.

 

Projetos para mudar o mundo (Finalista Prêmio ODS)
Vida nova para as matérias-primas (Finalista do Prêmio ODS)
Estímulo à imaginação (Finalista do Prêmio ODS)
Preservação ambiental na sala de aula (Finalista do Prêmio ODS)
Contra a exploração sexual (Finalista do Prêmio ODS)
Valorização da neurodiversidade (Finalista do Prêmio ODS)
Educação para a sustentabilidade (Finalista do Prêmio ODS)
Controle e segurança no gerenciamento ambiental (Finalista do Prêmio ODS)
Plástico limpo e seguro (Finalista do Prêmio ODS)
O desafio do lixo eletrônico (Finalista do Prêmio ODS)
Acessibilidade e inclusão (Finalista do Prêmio ODS)
O poder das finanças locais (Finalista do Prêmio ODS)