Organização:
Enel Brasil

Região:
Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste

ODS Principal:
Trabalho Decente e Crescimento Econômico

Outros ODS:
12

Transformando comunidades (Finalista do Prêmio ODS) - Enel Brasil

O impacto de uma grande empresa sobre a comunidade onde está instalada deve ir muito além da geração de empregos locais ou da arrecadação de impostos. Deve trazer mudanças reais que resultem em desenvolvimento econômico e multiplicação de oportunidades de trabalho e renda para as pessoas. Alinhado a esse princípio, o programa Enel Compartilha Empreendedorismo, promovido pela Enel Brasil, busca engajar as comunidades inseridas nas áreas de concessão em que a empresa atua no Brasil, de forma a criar valor compartilhado, promover o empreendedorismo e transformar esses espaços positivamente. 

Utilizando a metodologia de Criação de Valor Compartilhado, a iniciativa engloba uma série de ações voltadas ao empoderamento local. Uma delas incentiva a formação de redes e associações produtivas comunitárias, que passam a contar com apoio da empresa na qualificação de seus produtos, na criação de canais de venda, na formação para gestão e desenvolvimento de mercado, e no possível aporte de estrutura e insumos. Transversalmente são tratadas questões ligadas ao meio ambiente e à cidadania – elevando assim o grau de conscientização das pessoas em relação a esses temas e estimulando mudanças de comportamento no que se refere à fabricação, revitalização, reuso, reciclagem e descarte correto de resíduos. O programa também promove a economia circular, contribuindo para a inclusão social, o empoderamento feminino e a geração de renda às comunidades – e o trabalho justo, colaborativo e sustentável como fonte criadora de valor compartilhado. 

 

Resultado

Dentre as diversas iniciativas abrangidas pelo Enel Compartilha Empreendedorismo nos sete estados incluídos no projeto estão um projeto voltado ao fortalecimento da cultura quilombola por meio de ateliês de costura; a implementação de um sistema de agricultura familiar que utiliza água de uso doméstico; e a instalação de painéis solares para geração de energia para a produção de alimentos. Entre 2015 e 2018, a renda gerada pelos grupos produtivos que participam do projeto totalizou R$ 2,7 milhões. Foram beneficiadas diretamente mais de 6.500 pessoas. 

Participação feminina (Inova 2030)
Controle de embalagens (Inova 2030)
Empreendimento amazônico (Inova 2030)
Areia reutilizável (Inova 2030)
A energia do cacau (Inova 2030)
Reforma residencial de baixo custo (Inova 2030)
Mobilidade sustentável (Inova 2030)
Menos plástico, mais vida (Inova 2030)
Financiamento à sustentabilidade (Inova 2030)
Energia solar em aterros (Inova 2030)
Estímulo à atuação colaborativa (Inova 2030)
Formação de profissionais (Inova 2030)

NOSSOS PARCEIROS

APOIADORES INSTITUCIONAIS

Grupo Boticário
MRV