Organização:
Danone

Região:
Sudeste

ODS Principal:
Consumo e Produção Responsáveis

Outros ODS:
1, 8, 10,11, 12, 17

Menos resíduos, mais geração de renda - Danone

12.2 Até 2030, alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais; 

12.5 Até 2030, reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso

 

Além de constituir uma importante atividade geradora de renda, a coleta de materiais reutilizáveis e recicláveis desempenha papel fundamental para a Política de Resíduos Sólidos (PNRS) do governo brasileiro, que tem a finalidade de prevenir e reduzir a geração de rejeitos por meio do consumo sustentável e do incentivo à reciclagem de resíduos.

Alinhada a esse objetivo, a Danone criou o projeto Novo Ciclo, em parceria com o Fundo Ecosystem, a Fundação Avina, o Instituto Nenuca de Desenvolvimento Sustentável (Insea) e o Movimento Nacional dos Catadores. 

O projeto desenvolve cooperativas de reciclagem em São Paulo e Minas Gerais, buscando melhorar a condição de trabalho e renda dos catadores, além de promover educação ambiental, coleta seletiva e economia circular. 

 

Este é um setor com diversos desafios, como informalidade, lixões, condições precárias para muitos catadores, baixa conscientização da população sobre a importância da separação de lixo e poucos municípios com coleta seletiva. 

O envolvimento de vários atores foi essencial para o sucesso do Novo Ciclo. A iniciativa estabeleceu desde parcerias com o poder público para implementação da coleta seletiva até alianças com instituições conceituadas, para a criação de metodologias eficientes.

Por meio do trabalho de campo de uma equipe técnica e investimentos em infraestrutura, o programa se voltou ao desenvolvimento das cooperativas, a fim de aumentar o volume de material coletado.

Após seis anos, o Novo Ciclo ampliou o número de beneficiários e a renda dos catadores, além de iniciar a comercialização de materiais recicláveis diretamente para a indústria. Atualmente, o programa conta com 76 cooperativas e mais de 1.300 catadores, e coletou 35 mil toneladas ao longo de 2017. 

Com isso, a Danone garante que quase 70% de todas as embalagens colocadas no mercado retornem para a indústria recicladora em peso relativo.

Participação feminina (Inova 2030)
Controle de embalagens (Inova 2030)
Empreendimento amazônico (Inova 2030)
Areia reutilizável (Inova 2030)
A energia do cacau (Inova 2030)
Reforma residencial de baixo custo (Inova 2030)
Mobilidade sustentável (Inova 2030)
Menos plástico, mais vida (Inova 2030)
Financiamento à sustentabilidade (Inova 2030)
Energia solar em aterros (Inova 2030)
Estímulo à atuação colaborativa (Inova 2030)
Formação de profissionais (Inova 2030)

NOSSOS PARCEIROS

APOIADORES INSTITUCIONAIS

Grupo Boticário
MRV