Rede Brasil promove atividades em Conferência Mundial sobre Mudanças do Clima
29 Novembro 2018 - 21:44, by , in Meio Ambiente, No comments
Última Conferência entre as Partes aconteceu em Bonn, na Alemanha. Foto: UN Climate Change

 

A Rede Brasil do Pacto Global desembarca na próxima segunda-feira (3) em Katowice, Polônia, para promover atividades com o empresariado brasileiro no evento que sedia a governança sobre as mudanças do clima, a COP24 (Conferência das Partes). A iniciativa brasileira da ONU prepara uma programação com três atividades no Espaço Brasil, criado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pelo Ministério das Relações Exteriores por meio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O evento mundial segue até o dia 14 de dezembro.

Com a participação do diretor e enviado do secretário-geral da Cooperação Sul-Sul, Jorge Chediek, a Rede Brasil discute as metas do Acordo de Paris e a cooperação de empresas com seus stakeholders como fatores transversais para o alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Já as atividades da Rede Brasil como secretaria-executiva da Iniciativa Empresarial em Clima (IEC) abordam como os negócios têm tomado a liderança através de iniciativas voluntárias para mitigação e adaptação. A programação da Rede Brasil, que você pode conferir abaixo, já está dentro da agenda de eventos da sede do Pacto Global das Nações Unidas durante a COP24.

 

Mudanças do Clima e Ação em Conjunto

Segundo o mais novo relatório do Painel Intergovernamental da Mudança Climática (Em inglês Intergovernmental Painel on Climate Change, ou IPCC), os esforços não estão sendo o suficiente para que temperatura média mundial não alcance os 2°C acima dos níveis pré-industriais, como previsto para os próximos 30 anos. O aquecimento global, relacionado cientificamente à alta emissão de gases de efeito estufa, traz consequências devastadoras como a perda de habitats naturais de espécies e aumento do nível do mar.

Pelo menos 170 países que ratificaram o Acordo de Paris de 2015 e assinaram a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (em inglês, United Nations Framework Coinvention on Climate Change, ou UNFCCC) se comprometeram a explorar alternativas para diminuir a produção de dióxido de carbono e garantir um cenário mais seguro – aumento apenas de 1,5° da temperatura média mundial. A COP foi uma das formas encontradas pelas Nações Unidas para manter o diálogo entre as partes e garantir a implantação da UNFCCC, uma das convenções adotadas durante a ECO-92 no Rio de Janeiro.

Apesar de clara a necessidade dos países de adotar medidas mais ousadas para enfrentar o problema global, a secretária-executiva das Nações Unidas para as Mudanças do Clima, Patrícia Espinosa, está otimista com o encontro na Polônia. “A COP21 viu o nascimento do Acordo. Na Polônia, como eu chamo Paris 2.0, juntaremos as peças e faremos as orientações necessárias para construir um quadro que seja realmente operacional”, disse a secretária-executiva. A COP é também uma oportunidade para formalizar os resultados do Diálogo de Talanoa, proposta de COP23 (Bonn), que colocam em prática o plano de um ano de discussões para aumentar a ambição dos planos nacionais estabelecidos no Acordo de Paris.

 

Confira aqui a programação da Rede Brasil do Pacto Global na COP 24:

The Sustainable Development Goals (SDGs) in the Business Agenda – opportunities leveraged by the multi-stakeholder cooperation.

10 de dezembro, das 17h às 18h10 (Horário de Katowice), no Espaço Brasil (Pavilion Area E).

Organização: Rede Brasil do Pacto Global

 

The private sector in the leadership of voluntary movements to reduce climate risks

13 de dezembro, das 11h30 às 12h40 (Horário de Katowice), no Espaço Brasil (Pavilion Area E).

Organização: Rede Brasil do Pacto Global, como secretariado da Iniciativa Empresarial em Clima (IEC)

 

Adaptation to Climate Change: actions to increase resilience in Brazil

13 de dezembro, das 13h às 13h50 (Horário de Katowice), no Espaço Brasil (Pavilion Area E).

Organização: Rede Brasil do Pacto Global, como secretariado da Iniciativa Empresarial em Clima (IEC)

 

 

Deixe uma resposta