Alimentos & Agricultura

No Brasil, o setor de Alimentos e Agricultura é um dos mais importantes de nossa economia e responsável por posicionar o país entre os principais exportadores de alimentos do mundo. É neste contexto que o Grupo Temático de Alimentos & Agricultura (GTAA) desenvolve atividades e projetos norteados pelos Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura (PEAAs) e ODS correlatos, em especial o ODS 2 (Fome Zero e Agricultura Sustentável) e suas metas. Seu principal objetivo é endereçar o desafio de garantir a segurança alimentar no Brasil e no mundo, alinhada a práticas de produção sustentáveis e, mais do que isso, utilizar essas novas formas de trabalho como diferencial competitivo para fortalecer o agronegócio brasileiro internacionalmente.

Durante as duas últimas décadas, o rápido crescimento econômico e o desenvolvimento da agricultura foram responsáveis por reduzir pela metade o número total de subnutridos no mundo. Entretanto, em 2014, ainda haviam 795 milhões de pessoas que viviam sob o espectro da desnutrição crônica no planeta, de acordo com relatório das Nações Unidas. O mesmo documento aponta um aumento da população mundial até 2050, para 9,7 bilhões de pessoas, o que irá ampliar, significativamente, a demanda por alimentos, que por sua vez, irá elevar a pressão sobre os recursos naturais. As empresas do setor de Alimentos e Agricultura podem contribuir para o enfrentamento deste cenário desafiador com o desenvolvimento de sistemas de produção mais eficientes e escaláveis. A partir de um trabalho conjunto, envolvendo os diversos atores da cadeia, será possível encontrar soluções reais e coletivas que tornem essa indústria mais sustentável, igualitária e com menos impacto.  

 

PROJETOS

Publicação Os Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura como Orientadores para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Lançada em 2016, a Cartilha tem como objetivo orientar a implementação dos PEAA, em especial pelo setor privado, trazendo formas de construir uma estratégia empresarial sólida e vinculada à agenda global de sustentabilidade. A publicação sugere ferramentas de gestão que fazem sentido na atuação diária das empresas, disponibilizando ainda um “Painel PEAA”, que orienta de forma prática e objetiva como as empresas podem gerir internamente e comunicar suas atividades, em conexão com os PEAAs e com os ODS. Traz ainda bons exemplos do setor de alimentos e agricultura brasileiro e lança paradigmas pautados por práticas socioambientais responsáveis, que levam em conta a preservação dos ecossistemas naturais, sociais e culturais de cada região.

 

Manual do Replicador – Os Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura

Este projeto é uma continuação dos trabalhos desenvolvidos na publicação de mesmo nome e tem como objetivo principal a disseminação das recomendações destacadas no guia já publicado. Para tanto, o projeto criará o Manual do Replicador, fomentando assim o engajamento do setor de alimentos e do agronegócio com os PEAAs e com os ODS. Ao longo do projeto, serão identificadas boas práticas para dar a elas visibilidade nacional e internacional. Com este material, as instituições terão insumos para nortear as suas estratégias de negócios em alinhamento com os PEAAs e com a Agenda 2030.Confira aqui a proposta de apoio!

 

Plataforma Advocacy

Este será um espaço neutro, de diálogo, que trará para discussão temas críticos relacionados ao agronegócio, sobre os quais não há consenso estabelecido. O projeto surgiu da necessidade identificada entre os membros do GT de ampliar a transparência e o acesso do público às informações deste setor, elevando o conhecimento e o senso crítico das pessoas em relação ao assunto. A plataforma disponibilizará conteúdos sobre o agronegócio brasileiro, alinhados aos ODS, contribuindo ainda para fortalecer a imagem do setor no país e no exterior.

 

 

COORDENAÇÃO

JULIANA LOPES
Coordenadora do GT de Alimentos & Agricultura da Rede Brasil do Pacto Global
Diretora de Sustentabilidade, Comunicação e Compliance da AMAGGI

ELISA BADZIACK
Ponto focal do GT de Alimentos & Agricultura
Assessora de Meio Ambiente da Rede Brasil do Pacto Global

Folder GTAA

 

PUBLICAÇÕES

 

Cartilha dos Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura (Português)
Food and Agriculture Business Principles Hornbook (English)
Agosto de 2016
83 páginas

 

DEPOIMENTOS

 

“Há muito tempo, o Brasil é apresentado como
celeiro do mundo, mas acredito que temos todas as
condições para sermos muito mais e assumirmos
a posição de berço de um novo modelo de
desenvolvimento, em que toda a cadeia de alimentos
e agricultura seja sustentável . O GTAA é um ambiente
que fomenta a construção de soluções para as
questões sociais, ambientais e econômicas mais
complexas do setor de alimentos e agricultura a partir
de um processo conjunto, participativo e estruturado.”

 
Juliana de Lavor Lopes,
coordenadora GT Alimentos & Agricultura e
diretora de Sustentabilidade, Comunicação e
Compliance da AMAGGI

“Os seis Princípios Empresariais para Alimentos e Agricultura é um ótimo exemplo de como a aplicação da agenda de sustentabilidade nas empresas do setor pode ser construída em critérios concretos e alcançáveis. É gratificante fazer parte da Rede Brasil do Pacto Global e do GT Alimentos e Agricultura, uma vez que há a constante troca de experiência rumo a um objetivo comum.”

 

 

Daniela Bierast,
supervisora Assuntos
Corporativos do Grupo Sabará

“O GT Alimentos e Agricultura é formado
por diversos representantes da cadeia
produtiva, e é um espaço onde a Divisão
de Soluções para Agricultura da BASF
tem a oportunidade de interagir, aprender
e compartilhar suas experiências.
Acreditamos no diálogo e na força do
trabalho colaborativo para promover o
desenvolvimento sustentável, contribuindo
para o legado dos agricultores.”

 
Roberto Araújo,
gerente sênior de Comunicação e
Sustentabilidade LATAM, Divisão de
Soluções para a Agricultura da BASF