Notícias



Eventos da Rede Brasileira do

Pacto Global

Please enable Javascript to view this calendar.

O projeto quer contribuir para o acesso universal à água no país

Fim ao desperdício de água no Brasil

Publicado em 24 de novembro de 2015

O Movimento pela Redução de Perdas de Água na Distribuição – uma iniciativa da Rede Brasileira do Pacto Global da ONU e liderado pelas empresas Braskem e SANASA – será apresentado nesta quarta-feira, 25 de novembro de 2015, durante o 21º Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília (DF). O evento está sendo organizado pela Associação Brasileira de Recursos Hídricos (ABRH). Participam do painel de abertura o coordenador residente do Sistema ONU no Brasil, Niky Fabiancic, o presidente da Rede Brasileira Pacto Global, André Oliveira, o presidente da SANASA, Arly de Lara Romêo, e Sonia Chapman, do Desenvolvimento Sustentável da Braskem.

Os principais objetivos da iniciativa são a criação de um amplo debate sobre as perdas de água nos sistemas de distribuição, com a participação de governos, sociedade civil e setor privado, e o engajamento de municípios previamente selecionados, com uma agenda de ordem prática focada no desenvolvimento de um programa contra perdas. Com o slogan “Menos perda, mais água”, o Movimento quer contribuir para o acesso universal à água no Brasil, uma vez que os vazamentos nas redes de distribuição são responsáveis pela perda de quatro meses de água tratada por ano. A média das perdas de água potável no país é de 30%.

O Movimento - que já tem a adesão de várias empresas públicas e privadas e organizações da sociedade civil - pretende ser uma etapa preparatória para a adoção e monitoramento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Brasil, especialmente ao se tratar do ODS 6, “Garantir a disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos”, meta 6.4 “Até 2030, aumentar substancialmente a eficiência do uso da água em todos os setores e assegurar retiradas sustentáveis e o abastecimento de água doce para enfrentar a escassez de água, e reduzir substancialmente o número de pessoas que sofrem com a escassez de água”. Os ODS foram lançados em setembro durante a Assembleia Geral da ONU e homologados pelos 193 países membros, inclusive o Brasil.
 

O movimento tem quatro linhas de atuação:

  • Políticas públicas: pressão política para que o plano de saneamento adote meta ousada para redução de perdas hídricas, além de definição do papel dos órgãos públicos na execução, monitoramento e fiscalização dos sistemas de distribuição e abastecimento de água;
  • Consciência e Engajamento: campanhas disseminadas amplamente por mídias sociais, veículos de comunicação, participação e organização de eventos sobre o assunto;
  • Indicadores: elaboração de indicadores confiáveis e consistentes, que permitam o monitoramento ao longo de um período e cujos resultados possam ser comparados com outros países;
  • Soluções: capacitação de gestores e mão de obra – abrangendo prefeitos, assessores e quadros técnicos das prefeituras e empresas de saneamento para gestão dos recursos hídricos –, elaboração de projetos, mapeamento de linhas de financiamento e operação de equipamentos. Além disso, uso da tecnologia para acesso às melhores soluções e equipamentos para redução de perdas hídricas.
     

A coordenação do Movimento prevê a conscientização sobre as perdas de água por parte da população, a disseminação de boas práticas e a capacitação de atores estratégicos, o engajamento de orgãos públicos e a atuação dos municípios. Seu cronograma possui marcos importantes, como as eleições municipais de 2016 e prevê a apresentação dos primeiros resultados em 2018, durante o Fórum Mundial da Água, que acontecerá em Brasília. A meta final é colaborar para um novo cenário brasileiro em 2030.

 

SERVIÇO

Lançamento do Movimento pela Redução de Perdas de Água na Distribuição
Data: 25 de novembro de 2015
Horário: 17h
Local: Centro de Convenções Ulisses Guimarães – Eixo Monumental - Ala Sul, Brasília (DF)

 

 


Tag's: Sanasa Braskem ODS