Notícias



Eventos da Rede Brasileira do

Pacto Global

Please enable Javascript to view this calendar.

Com 52 páginas, Heróis do Clima conta a história da ciência do clima por meio de dois personagens que vivem em Marte, no ano de 2072

Heróis do Clima: as mudanças climáticas explicadas em quadrinhos

Publicado em 9 de fevereiro de 2015

O ano de 2015 será chave para o futuro do planeta. Nos próximos meses, as Nações Unidas irão definir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), que influenciarão modelos urbanos, matrizes de energia e políticas sociais. Ainda neste ano, líderes mundiais se reúnem em Paris, na COP21, para estabelecer um novo acordo climático capaz de promover a mitigação e a adaptação ao aquecimento global.

Como principal rede de diálogo das Nações Unidas com o setor privado, o Pacto Global tem liderado as discussões internacionais sobre a responsabilidade das empresas diante desses desafios. Nesse contexto, a Rede Brasileira do Pacto Global apresenta uma reflexão atrativa e descomplicada com a história em quadrinhos Heróis do Clima – A aventura e a ciência por trás das mudanças climáticas, desenhada por Caco Galhardo.

Heróis do Clima foi produzido pelo Planeta Sustentável, da editora Abril, e contou com o apoio institucional do Grupo Temático de Energia e Clima da Rede Brasileira do Pacto Global, além de outros parceiros empresariais. O primeiro lançamento da HQ foi na Conferência sobre Mudanças Climáticas da ONU - COP 20, em Lima, no Peru, em dezembro de 2014, quando líderes mundiais receberam a publicação, entre eles o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e o diretor executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Achim Steiner, além de cientistas, empresários e negociadores de diversos países.

Caco de Paula (à esquerda) e Jorge Soto (à direita) entregam a HQ Heróis do Clima para Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU, durante a COP-20, em Lima, no Peru / Crédito: UN Global Compact

“Hoje a mudança climática está muito mais perceptível no cotidiano das pessoas e empresas, principalmente por causa dos eventos extremos, de enchentes e secas, além das restrições de fornecimento de eletricidade e abastecimento de água. Este é o ano em que devemos procurar convergir os esforços de empresas, organizações, cidadãos e governo para disseminar a discussão sobre clima em todos os níveis”, diz Caco de Paula, presidente da Rede Brasileira do Pacto Global e diretor do Planeta Sustentável.

Para Caco de Paula, a meta conjunta da sociedade deve ser um bom acordo global sobre o clima até o final de 2015. A expectativa é que seja capaz de reduzir as emissões de gases de efeito estufa de modo a limitar o aumento médio de temperatura em 2°C, além de reduzir a vulnerabilidade e aumentar a resiliência das nações para a adaptação às alterações climáticas extremas.

Sobre a publicação

Com 52 páginas, Heróis do Clima conta a história da ciência do clima por meio de dois personagens que vivem em Marte, no ano de 2072. Um avô e seu neto conversam sobre a Terra e sobre como pesquisadores, líderes mundiais e cidadãos comuns constataram a realidade e as consequências do aquecimento global, abordando termos e conceitos como efeito estufa, concentração de emissões de gases atmosféricos, dentre eles o CO2, e Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima (IPCC).
 

O roteiro é de Caco Galhardo e do jornalista e designer Alessandro Meiguins, que pesquisou o assunto e entrevistou especialistas da área ao longo de um ano. Juntos, procuraram transformar uma complexa história em algo acessível.

Além da Rede Brasileira do Pacto Global e do Planeta Sustentável, a iniciativa contou com o apoio das empresas Abril, CPFL Energia, Caixa e Braskem, também signatárias do Pacto Global, e das organizações United Nations Foundation, CEBDS (Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável) e Fórum Clima, do Instituto Ethos.

Sobre o Pacto Global

Lançado em 2000, o Pacto Global das Nações Unidas é a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa voluntária do mundo. Reúne cerca de 8 mil signatários corporativos em 162 países com o objetivo de alinhar as operações de negócios aos dez princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. Trata-se de uma iniciativa voluntária que procura fornecer diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, através de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras. Criada no Brasil em 2003, a Rede Brasileira tem o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e conta com 655 organizações signatárias, sendo a terceira maior rede em número de empresas.

Faça aqui o download da publicação nas versões em português, inglês e espanhol.


Tag's: Caco de Paula Clima ODS