Notícias



Eventos da Rede Brasileira do

Pacto Global

Please enable Javascript to view this calendar.

Participantes discutiram formas concretas de promover mudanças na área de sustentabilidade
Imagem: Divulgação/Pacto Global

Um novo impulso para parcerias intersetoriais de sustentabilidade

Publicado em 29 de maio de 2014

Ampliar a visão de longo prazo. Melhorar o planejamento e transparência. Fortalecer o diálogo com públicos de interesse. Engajar-se em sustentabilidade de modo verdadeiro. Essas foram algumas respostas do público para a pergunta “O que você gostaria de mudar na sua organização?”, que deu inicio ao workshop de capacitação Parcerias intersetoriais de sustentabilidade, realizado pela Rede Brasileira do Pacto Global no dia 27 de maio, em São Paulo.

Leia também notícia com a opinião de participantes presentes.


Ao longo de um dia de trabalho, cerca de 100 participantes de 90 organizações – entre empresas, instituições públicas e da sociedade civil – lotaram o auditório da Atento para discutir formas concretas de promover as mudanças que desejam na área de sustentabilidade e responsabilidade corporativa. A capacitação promovida pelo Pacto Global com o apoio de Fernando Casado, da The Partnering Initiative, mostrou por que “parceria” é a palavra chave para esse processo.

Entre os principais ensinamentos, destacou-se que parcerias de sucesso devem partir da análise de todo o processo da cadeia de valor de uma empresa, envolvendo a relação com fornecedores e clientes. Isso permite identificar os pontos para melhoria no impacto social do negócio.

Fernando Casado destacou três princípios fundamentais: equidade na tomada de decisões, transparência sobre interesses dos atores envolvidos e clareza sobre beneficios mútuos. “Isso facilita desenvolver um relacionamento ganha-ganha entre os parceiros”, disse o consultor, reforçando ainda a importância de um plano de ação e de implementação que permita gerar indicadores para o projeto.

Ferramentas Pacto Global

O Workshop apresentou novas ferramentas do Pacto Global da ONU para identificar e estimular parcerias intersetoriais. Christine Conforti, gerente de Parcerias do escritório em Nova York, mostrou o passo a passo para cadastrar projetos na plataforma online Partnership Hub (https://businesspartnershiphub.org/). O site permite identificar potenciais parceiros para diferentes áreas de ação.

Vanessa Tarantini, responsável por Parcerias na Rede Brasileira do Pacto Global, e Weber Amaral, sócio da Venture Partners do Brasil, introduziram o Collaboration Lab. A iniciativa será lançada no país durante seminário em outubro, com estimulo à colaboração com foco em Água e Saneamento. Os membros da Rede Brasileira estão convidados a participar do processo através dos Grupos Temáticos do Pacto Global.

Casos de sucesso

A programação do workshop também trouxe exemplos de parcerias de sucesso no Brasil envolvendo empresas LEAD do Pacto Global, que pertencem ao grupo de líderes globais em sustentabilidade.

O Intel Aprender, da Intel, envolveu o setor público e a Hershey’s para formação de voluntários e oferta de aulas de informática para alunos de comunidades carentes.

O programa Ser + Realizador, da Braskem, promove a inserção social de catadores de material reciclável para capacitação profissional e reciclagem. Para isso, reuniu parceiros como SEBRAE e BNDES, além de outras corporações como Bunge e Ambev.

Enabling Electricity, da Endesa Brasil – do grupo Enel – atua com o governo federal para identificar e promover o acesso à energia em regiões longínquas do país.

O Programa Nutrir Crianças Saudáveis, da Fundação Nestlé, é outro modelo de parceria com o poder público. Teve inicio no Brasil há 15 anos e já foi replicado em 64 países, tendo como bases a educação, a nutrição e a atividade física.

Outros dois projetos envolvem diretamente as Nações Unidas. Desenhado para o movimento (Designed to Move), é uma iniciativa do PNUD com a Nike para o estimulo à prática de atividades físicas na infância e na adolescência.

Unicef e Unilever apresentaram o Vim para UNICEF, que promove um canal de doações e conscientização social para o acesso ao saneamento e água de qualidade no semiárido.

“Clínicas de incubação”

O estímulo à formação de parcerias intersetoriais de sustentabilidade integra uma iniciativa piloto do Pacto Global no Brasil, Colômbia, Quênia e Índia relacionada à plataforma Arquitetos de um mundo melhor. Lançado em 2013 durante o Encontro de Líderes, o documento traz a estratégia do setor privado para o engajamento com o desenvolvimento sustentável. 

“Essa é uma oportunidade para a construção conjunta de parcerias e para o crescimento em escala de projetos que envolvem vários setores em áreas prioritárias da agenda de desenvolvimento pós-2015”, afirma Renata Seabra, secretária-executiva da Rede Brasileira do Pacto Global. Ela reforça que a Rede pretende acompanhar a execução de alguns projetos no papel de facilitadora.

O primeiro passo foi o mapeamento de interesses das signatárias da Rede. Uma pesquisa online conduzida pelo Pacto Global levantou expectativas, capacidades e recursos disponíveis para a realização de projetos. O diagnóstico apontou quatro áreas para atuação conjunta: educação, saúde, água e meio ambiente.

No dia 28 de maio, cinco agências da ONU e cerca de 35 organizações que atuam nesses temas foram convidadas a participar de três clínicas de incubação de parcerias.  “Os grupos se reuniram e identificaram sinergias entre projetos e objetivos. Agora faremos o acompanhamento das possibilidades de colaboração identificadas”, explica Vanessa Tarantini.

Acesse galeria de fotos do evento no flickr.

Por Júlia Tavares, da Rede Brasileira do Pacto Global


Tag's: Meio Ambiente Capacitação;